Exposição Virtual

Cosmopaulistanos

O Museu da Imigração convida todos a conhecerem a grande Cosmópolis paulistana. Esta cidade de proporções monumentais, gigantesca a perder de vista, composta pelos mais variados tipos humanos. Metrópole que tem em si diluída muitas tradições e costumes globais, contemporâneos e passados, que se constrói e reconstrói a cada esquina, a cada curva, a cada casa demolida e a cada novo prédio construído. Uma cidade que não hesita em mudar, mas que também consegue conservar em pequenos gestos, atos ou sotaques, um mundo de histórias e memórias que já não possuem donos nem fronteiras.

Cosmopaulistanos são todos aqueles que têm algum grau de relação com a cidade. Quer sejam habitantes, passantes, viajantes, imigrantes, migrantes, exilados, refugiados, que vêm e que vão, e que sem sombra de dúvida deixam marcas indeléveis na cultura urbana, na cultura miscigenada da Paulicéia, que multicoloriza o cinza ostensivo da cidade.

Este projeto virtual trata dos vários mosaicos dessa diversidade. Em cada bairro, uma história; em cada história um conjunto de pessoas que se encontram, e formam novas histórias. Convidamos a todos a partilhar suas interações na cidade, levando em consideração a relação afetiva com esses espaços. Assim como Guilherme de Almeida, que em Cosmópolis se deixa maravilhar pelo nascimento da São Paulo que conhecemos, convidamos a todos a contar suas visões apaixonadas pela cidade, pelos nascimentos, renascimentos, e pela diversidade cultural e paisagística.

Os personagens apresentados nesse projeto são um pequeno exemplo de como se torna quem se é neste amálgama de sonhos, expectativas e concreto. Por meio dos vídeos falando de seus trajetos, contam como o movimento altera suas maneiras de verem a si mesmos, e como essas transformações os levam a procurar seus próprios caminhos no mundo.

Ao participar, construímos um grande painel de rostos e lugares, com o propósito puro e simples de nos encontrar em meio ao trânsito infindável da metrópole e de nós mesmos.

Fotos da exposição: