TESTE1211113
Mídias de Migrantes de SP - Museu da Imigração

Notícias

|

Fique Sabendo

quinta
11/05/17

Mídias de Migrantes de SP

midias-de-imigrantes

Com o objetivo concentrar e tornar acessível para pesquisa mídias produzidas por migrantes internacionais, foi criada a plataforma digital “Mídias de Imigrantes de São Paulo”. O projeto foi desenvolvido por meio de uma parceria entre o Museu da Imigração e a Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM-SP).

A proposta do trabalho é construir um acervo digital cada vez mais amplo e oferecer uma ferramenta para a consulta pública de produções midiáticas dos novos grupos migratórios que se estabeleceram em São Paulo a partir da década de 1990. Os usuários interessados poderão pesquisar sobre os mais diversos tipos de mídias (jornais, vídeos, blogs, rádios, etc), utilizando critérios de busca como país de origem, data e idioma.

Este repositório de materiais tem sido abastecido pelo Grupo de Pesquisa Interculturalidade, cidadania, comunicação e consumo do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Práticas de Consumo da ESPM-SP. A professora e coordenadora do Grupo, Denise Cogo, explica que a iniciativa do projeto nasceu da observação de produções relacionadas às migrações mais recentes. “A partir das pesquisas do grupo, temos evidenciado que, na trajetória de constituição, organização e mobilização dos movimentos migratórios contemporâneos, as mídias têm assumido relevância política, econômica, sociocultural e comunicacional”, explicou. “Em diálogo com o Museu da Imigração, percebemos que os pesquisadores do Museu também têm se preocupado em ampliar sua atuação junto aos grupos migratórios contemporâneos de São Paulo. Nesse sentido, as duas equipes entenderam que seria importante ampliar o acervo de mídias de migrantes do Museu, especialmente no sentido de recolher e registrar a memória de um amplo universo de mídias”, acrescentou Denise.

Para a analista de pesquisa do MI, Tatiana Waldman, a plataforma conseguirá estender o acervo mantido pelo Museu, cobrindo um período que até o momento não era contemplado. “A constituição de uma plataforma de mídias produzidas por migrantes a partir da década de 1990 complementa o acervo digital já disponível no site do Museu (com edições entre os anos de 1886 e 1987), preserva o que foi produzido por diversos grupos migratórios em diferentes períodos e proporciona ao público a possibilidade de ter acesso a um amplo conteúdo de materiais midiáticos, dentre eles websites, vídeos, cartazes etc”.

O site “Mídias de Imigrantes de São Paulo” ainda conta com o apoio do CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico) e pretende ser um espaço colaborativo destinado a servir como banco de dados. Com o tempo e o crescimento de seu conteúdo, a tendência é que a plataforma se torne uma fonte de referência no âmbito da pesquisa voltada a imigração contemporânea.

 

Disponível em | midiasdemigrantesdesp.com.br