TESTE1211113
Museu da Imigração recebe atração internacional de dança indiana - Museu da Imigração

Notícias

|

Fique Sabendo

segunda
03/04/17

Museu da Imigração recebe atração internacional de dança indiana

Em edição especial do projeto Viva!, evento traz grupo do Rajastão e mostra de artesanato típico


A Índia, com seu extenso território e variedade étnica, abriga as mais diversas expressões culturais. Para homenagear esse País que possui uma comunidade crescente de imigrantes em São Paulo, o Museu da Imigração – instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo – promove o VIVA! Dança Indiana. Nesta edição especial do projeto, o Museu recebe a apresentação de uma atração internacional de dança folclórica do Rajastão e ainda oferece uma mostra de artesãos indianos. O evento acontece no dia 9 de abril, a partir das 15h, com entrada gratuita.

A performance de dança ficará por conta do grupo de Moru Sapera, oriundo da cidade de Jaipur. Os dançarinos irão fazer demonstrações de diversos estilos ancestrais provenientes do Rajastão, onde as danças são conhecidas mundialmente por seu vigor, graça e expressividade. Com técnicas complexas de malabarismo, o grupo faz uso de acessórios para os pés e vasos sobre a cabeça, exibindo números que envolvem destreza e equilíbrio. A apresentação será das 15h às 16h, no palco montado no jardim do MI.

Entre as modalidades de dança folclórica que serão apresentadas, estão a Kalbelia, Chari e Bhawai. Na primeira delas, as mulheres reproduzem passos inspirados em movimentos de serpente, enquanto os homens acompanham tocando flautas tradicionalmente usadas para encantar e capturar as cobras no deserto. Já o estilo Chari retrata o cotidiano das mulheres do Rajastão no trabalho para recolher água. Na dança, elas levam o Chari (vaso) sobre a cabeça e, sem tocá-lo com as mãos, mostram coreografias que desafiam o equilíbrio dos vasos de barro. A Bhawai, também praticada com os potes cheios de água sobre a cabeça, exige uma habilidade ainda maior dos dançarinos, porque, em alguns momentos, seus pés ficam sobre vidros, espadas e chapas de bronze.

Além das apresentações, o Museu da Imigração também irá receber um grupo de artesãos indianos que irão expor seus trabalhos durante o evento. As produções, que carregam técnicas passadas por gerações, utilizam diferentes matérias-primas e mostram a variedade do artesanato em cada região do país. As peças incluem pinturas em tela, pulseiras, calçados, tecidos e outros itens. O evento é uma parceria do MI com o Consulado Geral da Índia de São Paulo e Centro Cultural da Índia.