TESTE1211113
Objetos de toilette - Museu da Imigração
sexta
31/03/17

Objetos de toilette

Objetos de toilette. Acervo Museu da Imigração

 

Apresentamos, nesta vitrine do acervo, alguns objetos que fazem parte do ritual da toilette, isto é, pequenos itens de cuidado pessoal que podiam, por exemplo, ser levados em bolsas – no caso dos menores e mais compactos – ou mantidos sobre penteadeiras – como as embalagens maiores e menos práticas.

 

Temos aqui dois recipientes para pó de arroz: um mais portátil, sem data especificada, e outro maior, datado do início do século XX, composto por estojo de vidro, tampa e prato de metal. Há ainda um batom da década de 1920, cuja embalagem é, na forma, semelhante às que conhecemos hoje, mas diferente nos materiais: metálica, possui em seu topo esfera em plástico e uma argola, também em metal.

 

Batom. Acervo Museu da Imigração

 

Sobre os frascos de perfume possuímos poucas informações; alguns são bastante parecidos com os atuais, outros são mais rebuscados, como o pequeno flaconete verde repleto de ornamentos dourados – doado ao museu por uma imigrante tcheca que veio ao Brasil na década de 1940 – ou o frasco cilíndrico composto de um pulverizador, hoje em dia comumente substituído pelo formato de spray. De todo modo, é interessante notarmos os detalhes ornamentais dos frascos: todos possuem elementos estéticos chamativos. O design, diríamos atualmente, é parte importante dos produtos de beleza e perfumaria comercializados – e essa atenção não é de hoje, como podemos intuir ao observar essa série de objetos. Elementos vintage também são ainda muito utilizados como forma de destacar as características elegantes do produto.

 

Flaconete de perfume. Acervo Museu da Imigração

 

 O ato de maquiar-se ou perfumar-se é uma constante do comportamento humano ao redor do mundo; o que muda é a maneira de fazê-lo e as modas que o acompanham. Os cheiros têm um aspecto afetivo bastante particular relacionado às memórias: um determinado perfume pode lembrar um local, suscitar determinadas lembranças ou ainda, ser levado consigo como forma de recordação. Sob a experiência migratória, essa associação pode ser ainda mais comum.

 

Frasco de perfume com pulverizador. Acervo Museu da Imigração

 

Comumente considerados femininos, esses cuidados alcançam uma crescente parcela da população: hidratantes, perfumes e outros produtos como estes têm sido utilizados por muitos homens como parte de sua rotina de cuidados pessoais. Além disso, o status social muitas vezes é também demarcado a partir do uso de determinados produtos. Assim, objetos que fazem parte do ritual da toilette podem ilustrar relações sociais, culturais e econômicas, bem como a relação do ser humano com seu próprio corpo ao longo do tempo.

 

Frasco para pó de arroz, com prato e tampa. Acervo Museu da Imigração