O que você procura?

Com o propósito de estimular a produção cultural, compreendendo que a arte pode ser uma expressão privilegiada para problematizar e tornar sensíveis conceitos importantes para o entendimento das migrações, como identidade, experiência, representação e direitos humanos, o Museu da Imigração lançou o programa que seleciona, por meio de edital, artistas individuais ou coletivos de artistas migrantes e refugiados, para realizarem uma imersão nas atividades e rotinas da instituição, visando o desenvolvimento de projeto de artes visuais de diversas linguagens.

Na segunda edição do Programa, o artista selecionado, Paulo Chavonga, criou grandes telas relacionadas ao tema proposto “As migrações e os tijolos do racismo estrutural no Brasil”, dando continuidade às discussões sobre o racismo a partir da intersecção com a história da Hospedaria de Imigrantes do Brás. As obras ficarão em cartaz no MI até dezembro de 2021.

Clique para ampliar
Clique para ampliar
Clique para ampliar
Clique para ampliar
Clique para ampliar